Site Overlay

PRINCIPAIS REALIZAÇÕES

Como prefeito de Cascavel, Edgar Bueno recebeu diversas homenagens e prêmios, dos quais se destacam:

  • “Prêmio Prefeito Amigo da Criança” pela Fundação Abrinq, em 2004 e 2012;
  • “Prêmio Prefeito Empreendedor”, conferido pelo Sebrae Paraná em 2011;
  • “Prêmio Prefeito Empreendedor”, conferido pelo Sebrae Nacional em 2012, na categoria Formalização de Pequenos Negócios, resultado do Programa Empresa Fácil;
  • “Prêmio A Rede de Inclusão Digital”, conferido em 2014 pela Revista Especializada “A Rede”, pelo ensino de programação para o nível fundamental.

Durante seus mandatos, o Município alcançou posição de destaque em diversos indicadores, divulgados por veículos de comunicação de circulação e expressão nacionais, tais como:

  • 1˚ lugar nacional – melhor índice de atendimento total de esgoto (Instituto Trata Brasil, dados de 2016 divulgados em abril de 2018);

  • 2ª melhor cidade brasileira no Ranking de Saneamento (Instituto Trata Brasil, dados de 2016 divulgados em abril de 2018);

  • 1ª colocada em produção de soja no Paraná em 2015 (2ª no Brasil);

  • 1ª colocada do Paraná em colocação no mercado de trabalho (1˚ semestre 2016/CAGED);

  • 14ª melhor cidade do Brasil e 3ª do Paraná no Ranking da Revista Isto É (set/2015);

  • 34ª melhor cidade do Brasil para investir em negócios (Revista Exame, ed. 1.064, abril/2014);

  • 32ª melhor cidade do Brasil para criar os filhos (Revista Exame, março de 2015);

  • 43ª melhor cidade do país (Revista Exame, dezembro de 2014);

  • 2ª cidade do Paraná que mais gera emprego formal (Gazeta do Povo, 11/02/2015);

  • 3ª melhor do Paraná e 22ª melhor do Brasil no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGG, março de 2012);

  • 11˚ no ranking de Cidades Digitais do Brasil (Revista Wireless Mundi, junho 2012);

  • 70ª melhor cidade do Brasil para fazer carreira (Revista Você S/A, julho de 2011);

  • Uma das cidades de maior crescimento e geração de emprego no país (Jornal Folha de S. Paulo, capa do Caderno Mercado, 22/04/2011);

  • Implantação de 3 UPAs (Unidades de Pronto Atendimento): Avenida Tancredo Neves, Jardim Veneza e Brasília;
  • ampliação do número de equipes do programa Saúde da Família: De 10 para 37 equipes;
  • implantação do Centro de Atenção Especializada, atendendo 1,4 mil pacientes/mês;
  • implantação do programa “Consultório na Rua”, serviço itinerante de saúde com equipe multidisciplinar;
  • ampliação em 237% no número de exames laboratoriais; ampliação das cirurgias eletivas em regime de Mutirão;
  • 100% mais hora/médico disponível à população, passando das 3.110 horas semanais em 2008 para 6.660 horas semanais em 2016;
  • construção, reforma e ampliação de diversas unidades de saúde, a exemplo do CAPS-AD Ciro Nardi, USF Santo Onofre, UBS Cascavel Velho, USF Canadá, USF Espigão Azul, USF Parque Verde, USF Santos Dumont, UBS Santa Felicidade, USF Brazmadeira, USF Lago Azul, USF São João, entre outras;
  • investimento em saúde correspondeu ao dobro do exigido na Constituição Federal (em média 30% da receita corrente líquida, quando o exigido é 15%);
  • ampliação do programa de saúde bucal, alcançando 7,5 mil consulta/mês e 9,5 mil procedimentos/mês em 2016, para adultos e crianças;
  • reestruturação e ampliação do PAID – Programa de Assistência e Internação Domiciliar, prestando atendimento multidisciplinar a pacientes acamados que não têm condições de deslocamento até as unidades de saúde;
  • redução da mortalidade infantil em 26%;
  • coparticipação na implantação do Consamu, cuja base territorial é Cascavel;
  • implantação, em parceria com o Governo do Estado, o Serviço Integrado de Saúde Mental (clínica antidrogas), com uma das melhores estruturas do país;
  • disponibilização de área e projetos para a construção do Hospital do Trabalhador (Região Norte).
  • implantação do programa “Educação em Tempo Integral”, atendendo mais de 1.800 alunos em 20 escolas, com permanência diária de 10 horas na escola, oferecendo laboratórios de ciências, reforço em matemática e língua portuguesa, artes marciais, artes visuais, jogos e aulas de música, além da grade regular e de quatro referições diárias;

  • implantação do programa de uniformes escolares, distribuindo mais de 162 mil kits completos e investindo R$ 30 milhões;

  • tecnologia aliada ao ensino, com a implantação do projeto piloto de robótica e o programa escola.com, fornecendo netbooks e envolvendo 59 laboratórios de informática, além dos 26 terminais de formação continuada aos professores e profissionais da educação;

  • implantação da nova Central de Distribuição da Merenda Escolar e fornecimento de alimentação balanceada e de qualidade, promovendo a agricultura familiar e cuidando de crianças com patologias alimentares, tais como intolerância à lactose, alergias e diabetes;

  • elevação dos resultados nas avaliações do IDEB, com as notas superando as metas;

  • redução nas taxas de reprovação (de 5,33% para 2,4%) e de evasão escolar (de 0,21% para 0,03%);

  • construção, reforma e ampliação de diversas unidades escolares municipais, CMEIs (Centros de Educação Infantil) e ginásios de esportes, com destaque para as Escolas Robert Kennedy, Luiz Vianey Pereira, Adolival Pian, Artur Carlos Sartori e Maria Fumiko Tominaga;

  • criação de mais de 6.000 novas vagas em 22 novos CMEIs;

  • universalização: todas as crianças na escola. A partir de 4 anos de idade todas já estavam matriculadas nas escolas e CMEIs;

  • pela primeira vez na história, o secretário municipal de educação foi escolhido diretamente pelas diretoras de escolas em eleição;

  • promoção de diversos programas e serviços de proteção social básica e proteção social especial de média e alta complexidades, visando garantir direitos fundamentais, reduzir as desigualdades, proporcionar alternativas de renda e promover a cidadania;

  • construção e implantação do Restaurante Popular;

  • construção e implantação de diversas unidades do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) e CREAS (Centros de Referência Especializados), além da unidade de acolhimento feminina e núcleos de informática nos bairros;

  • informatização de 100% da rede socioassistencial (IRSAS);

  • investimento superior a R$ 3 milhões/ano no programa Família Acolhedora;

  • construção e implantação do Centro da Juventude na Região Norte e o CEU (Centro de Artes e Esportes Unificado), ao lado do Estádio Olímpico;

  • criação e ampliação das ações do Provopar, como Oficina do Pão e Cozinha Comunitária;

  • implantação do Programa de Inclusão Produtiva, envolvendo 200 artesãos/mês (Economia Solidária);

  • ampliação dos programas de acolhimento Casa Pop, Abrigo de Mulheres Vanusa Covatti, unidades de acolhimento feminina e masculina e Residência Inclusiva;

  • realização anual da Festa do Dia das Crianças, mobilizando cerca de 30 mil pessoas/edição;

  • criação da Guarda Municipal armada e fortalecimento da Guarda Patrimonial;

  • aquisição de viaturas, motocicletas, uniformes e equipamentos de proteção, além de armas letais e não letais e de munições;

  • implantação do sistema de câmeras de segurança e da Central de Videomonitoramento;

  • construção e equipamento da sede própria da Defesa Civil, com área de 880 m2;

  • atuação firme em defesa da comunidade nas situações de desastres naturais, a exemplo dos fortes vendavais de 2009 e 2014, inclusive com a liberação de R$ 90 milhões do FGTS, beneficiando 87 mil cidadãos.

  • construção de duas piscinas térmicas cobertas (Região Norte e Parque Tarquínio), que atendiam 1650 pessoas;

  • construção de diversas quadras poliesportivas cobertas nos bairros, campos de futebol com grama sintética e o Complexo Esportivo do Jardim Veneza;

  • implantação de 43 academias ao ar livre;

  • apoio ao Paradesporto, com a criação de setor próprio e oferecimento de 14 modalidades esportivas;

  • ampliação da ginástica rítmica, atendendo 12,5 mil crianças em oito anos;

  • alcançamos 3 vezes o 1˚ lugar geral nos JAPs Jogos Abertos do Paraná (2011/2014/2015), fruto do apoio do Município a dezenas de modalidades do esporte amador;

  • reforma e modernização do Estádio Olímpico Regional;

  • revitalização do Autódromo e do Kartódromo, atraindo as principais competições do automobilismo nacional e movimentando a economia local;

  • implantação de pista de motocross ao lado do Autódromo, em parceria com o Motoclube;

  • Rio 2016: Cascavel no roteiro da Chama Olímpica, como uma das 83 cidades-celebração.

  • construção do Teatro Emir Sfair, junto ao Centro de Eventos;

  • conclusão do Teatro Municipal, um dos maiores complexos artísticos do interior do país;

  • revitalização completa do Teatro Gilberto Mayer e arredores, incluindo o jardim sensorial;

  • realização anual dos Festivais de música, teatro, cinema e dança;

  • implantação da Casa da Cultura Zona Norte, descentralizando a arte;

  • implantação do projeto Transformar: cultura de paz;

  • modernização e informatização da Biblioteca Pública

  • modernização e melhorias no MAC (Museu de Arte de Cascavel) e MIS (Museu da Imagem e do Som), e restauração da Igreja do Lago;

  • promoção da Orquestra Sinfônica e do Coral Municipal;

  • revitalização do Lago Municipal: chafarizes, parque infantil, nova iluminação, reforma da pista de caminhada, quadra de vôlei de areia, novos banheiros públicos, identidade visual em lixeiras, bancos e totens;

  • implantação dos programas de arborização “Sementes do Amanhã”, com o plantio de mais de 250 mil mudas de espécies nativas em fundos de vale, e “Disque-árvore”, com o plantio de 5 mil árvores nos passeios públicos;

  • reforma do Viveiro Municipal;

  • implantação do Programa “Cidade das Águas”, visando à preservação, recuperação e conservação dos recursos hídricos do Município;

  • Ampla revitalização do Zoológico Municipal, incluindo a construção do serpentário, ambulatório, parque infantil, recape asfáltico nas trilhas do zoo, reforma do Centro de Educação Ambiental e de todos os recintos de animais;

  • transferência da sede da Secretaria do Meio Ambiente para o Lago Municipal;

  • revitalização ou construção de praças e parques, tais como: Praça do Migrante, Parque Vitória, Parque Tarquínio, Parque Salto Portão, Parque Vitorino Sartori e ampliação do Parque Paulo Gorski (parte de baixo do Lago);

  • ampliação do aterro sanitário, construção de células para depósito de lixo domiciliar e investimentos na geração do biogás;

  • implantação do Programa Coleta Legal, para destinação correta dos recicláveis;

  • implantação do Plano Municipal de Coleta Seletiva;

  • viabilização de recursos externos para a Cooperativa de Catadores;

  • licenciamento ambiental por meio de departamento próprio do Município.

  • implantação e revisão periódica do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos servidores municipais;

  • valorização e capacitação permanentes do quadro de pessoal e criação da Escola de Gestão (Lei n˚ 5.839/2011);

  • renovação constante da frota leve e pesada, do parque computacional (TI) e equipamentos destinados à prestação dos serviços públicos;

  • criação de sistemas para participação da sociedade e de diversos conselhos municipais de políticas públicas, tais como o Sistema Municipal de Cultura, Conselho de Previdência (IPMC), Conselho de Desenvolvimento Econômico, Conselho da Juventude, Conselho do Esporte e Lazer, Conselho da Educação, Conselho de Habitação, Conselho de Planejamento, Conselho dos Direitos da Mulher, entre outros;

  • promoção da transparência e do acesso à informação públicas, por meio da modernização do Portal do Município e da instalação dos SICs (Serviços de Informação ao Cidadão);

  • modernização da gestão com o GeoPortal Cascavel, nota fiscal eletrônica do ISS, novos sistemas informatizados de gestão, controle biométrico do ponto/frequência e PMAT (programa de modernização administrativa e tributária);

  • ampliação do horário de atendimento ao público;

  • implantação da sede administrativa da Prefeitura na região norte;

  • promoção da inclusão digital por meio dos telecentros comunitários, laboratórios de informática nas escolas e do programa Cascavel Digital.

  • assistência técnica e apoio ao pequeno produtor rural (média de 500 atendimentos/mês);

  • parcerias com Emater, Embrapa, Fundetec, Senar e Sindicato Rural Patronal para o desenvolvimento de diversas ações, como o projeto experimental do alho, cultura do morango, produtos biofortificados, entre outros;

  • emissão de nota fiscal do produtor no setor de notas de produtor e nas subprefeituras;

  • credenciamento no SIM/POA para aderir ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal;

  • implantação de 13 condomínios de inseminação artificial, atendendo 250 produtores de leite;

  • fortalecimento do PAA – Programa de Aquisição de Alimentos da agricultura familiar;

  • ampliação da Feira do Pequeno Produtor Rural e Urbano;

  • manutenção dos 3.435 km de estradas rurais em toda a extensão do Município, com investimento superior a R$ 25 milhões em adequações, patrolamento e cascalhamento;

  • construção de 10 abastecedouros comunitários no interior (saneamento rural), 13 poços artesianos e 60 mil metros de rede de distribuição;

  • implantação do “Programa da Porteira para Dentro” (Lei n˚ 5.819/2011);

    • criação do Programa Empresa Fácil e da Sala do Empresário na Prefeitura, em parceria com diversas entidades, estimulando a formalização de pequenos negócios e apoiando o empreendedor. Por meio do programa, foram entregues mais de 10 mil alvarás;

    • implantação do Banco do Empreendedor, em parceria com a Fomento Paraná, oferecendo linhas de crédito com juros subsidiados;

    • implantação dos Parques Industriais Albino Nicolau Schimidt (BR-277 saída Foz do Iguaçu), Citvel I, Citvel II e Núcleo Industrial do bairro Jaborá;

    • melhorias no Núcleo Industrial Allan Charles Padovani e Núcleo Industrial II (Cataratas);

    • implantação dos casulos industriais no bairro Cataratas;

    • ampliação das atividades da Fundetec – Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico;

    • promoção de uma completa reestruturação da Agrotec – Escola Tecnológica Agropecuária, tendo celebrado parcerias com entidades da Alemanha e Espanha;

    • implantação da Usina de Beneficiamento de Leite, do Núcleo de derivados de cana-de-açúcar e da Unidade Industrial de Cortes Especiais na Fundetec;

    • promoção anual dos eventos Natal Luz e Natal Espetacular, em parceria com entidades empresariais e Catedral Nossa Senhora Aparecida.

  • construção de mais de 4.000 moradias populares, em loteamentos com toda infraestrutura, em parcerias com o Governo Federal, Governo Estadual (Cohapar) e parte com recursos exclusivamente municipais (conjuntos Julieta Bueno, Parque dos Ipês, Jardim Veneza/Cascavel Velho, Loteamento Esmeralda, Jardim Cidade Verde, Residencial Quebec, Residencial Pazzinato, Rivadávia, Condomínio Casa do Professor, Loteamento Gralha Azul, Jaborá, Residencial Riviera);

  • redução do déficit habitacional do Município;

  • regularização fundiária de mais de 1.600 imóveis, garantindo o direito à propriedade;

  • elaboração e início da execução do Programa de Desenvolvimento Integrado (PDI), em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), envolvendo diversas obras e ações nos eixos mobilidade, socioambiental e fortalecimento institucional, com destaque para a revitalização da Avenida Brasil. Trata-se do maior projeto da história do Município;

  • implantação de asfalto novo em 50 bairros e loteamentos, compreendendo 1.226 quadras pavimentadas, com investimento superior a R$ 63 milhões;

  • execução de obras de galerias e drenagens – construção de pontes;

  • revitalização, ampliação e manutenção do sistema de iluminação pública;

  • manutenção constante das vias, com recapes, reperfilamentos e operação tapa-buracos;

  • implantação do Programa Calçadas de Cascavel, definindo normas e padrões de segurança e acessibilidade;

  • modernização do sistema de transporte coletivo e renovação da frota;

  • acessibilidade nos ônibus: frota 100% adaptada com elevadores;

  • pistas exclusivas para ônibus garantem maior fluidez, pelo sistema BRT;

  • implantação de diversos binários, melhorando o fluxo de trânsito (Cuiabá-Vitória, Recife/Minas Gerais-Kennedy/Antonina, Mal. Rondon-Salgado Filho, entre outras);

  • implantação da Onda Verde – sincronização semafórica nas principais vias;

  • implantação de parquímetros e ampliação do ESTAR;

  • investimentos no Aeroporto Municipal, ampliando a pista para 1.800 metros, construção de uma taxiway, além de ampliar as salas de embarque/desembarque. Início das obras do novo Terminal de Passageiros;

  • realização de projetos e campanhas educativas de trânsito;

  • redução do número de vítimas fatais de acidentes de trânsito;

  • reforma da rodoviária de Cascavel e dos terminais de transbordo do transporte coletivo;

  • concessão do Terminal Rodoviário, melhorando a limpeza, segurança, banheiros e estacionamentos.

  • Melhorias no Cemitério Central e manutenção permanente e cuidadosa em 34 cemitérios de todo o Município;

  • Construção do Cemitério Cristo Redentor;

  • Rua do Rosário transformada em Praça;

  • Construção da Capela Master no Centro (Acesc) e Capelas Mortuárias em bairros (Santa Cruz, Canadá, Jardim União e Interlagos) e distritos (São João, Juvinópolis e Rio do Salto);

Nos três mandatos de Deputado Estadual, seu trabalho na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná teve como destaques:

  • Atuou para reconhecer os cursos de Odontologia, Medicina e Engenharia Civil na Unioeste;

  • Auxiliou na transformação do Hospital Regional em Hospital Universitário;

  • Presidiu a Comissão de Agricultura e foi membro da Comissão de Constituição e Justiça;

  • Foi autor do projeto de lei de criação da região metropolitana de Cascavel (não sancionada pelo governador);

  • Aprovou a implantação do Siate em Cascavel, com apoio do então presidente da Câmara Municipal, Severino Folador;

  • Apresentou e aprovou mais de uma centena de projetos de lei e emendas;

  • Aprovou recursos para construção, reforma e ampliação de ginásios de esportes e escolas estaduais;

  • Conquistou recursos financeiros para a readequação de estradas rurais em toda a região oeste do Estado;

  • Conquistou recursos para implantar no oeste do Estado o programa Caminhos da Educação;

  • Foi o primeiro deputado paranaense a apresentar projeto de lei para o uso de tornozeleira eletrônica. Contudo, a CCJ barrou o projeto.

Revista Cascavel Terra de Oportunidades (2001-2004)
Revista Cascavel Terra de Oportunidades (2001-2004)
Revista Ação de Governo - Prestação de Contas 2009-2010
Revista Ações de Governo – Prestação de Contas 2009-2010
Jornal “A construção de uma cidade melhor – Gestão” 2009-2012
Jornal “A construção de uma cidade melhor” – Gestão 2009-2012
Revista Ações de Governo 2009-2016 - Prestação de Contas
Revista Ações de Governo 2009/2016 – Prestação de Contas
Scroll Up